Soja Plus na Mídia

Aprosoja apresenta Soja Plus para alunos da UFMT

Aprosoja apresenta Soja Plus para alunos da UFMT

16/12/2011

O Soja Plus foi desenhado para atender às necessidades dos produtores brasileiros em relação a temas como qualidade de vida no trabalho, melhores práticas de produção, viabilidade financeira e econômica, qualidade do produto e responsabilidade social. É um programa de melhoria gradativa e continua da gestão da propriedade, comenta o engenheiro florestal Bernardo Pires, coordenador ambiental da ABIOVE.

Em março deste ano, realizou-se o seminário Desafios e Oportunidades da Sojicultura Brasileira na Fecomércio, em São Paulo, com 100 participantes de empresas, produtores rurais, universidades, sociedade civil, instituições de pesquisa e governo. Nesse seminário foram definidas as ações estratégicas do programa.

Em verdade, explica o especialista da ABIOVE, poderia ser um "Agro Plus", porque o Soja Plus não trará benefícios apenas à sojicultura, mas à propriedade rural e a todas as atividades desenvolvidas na mesma. "Normalmente, o produtor que trabalha com soja também cultiva milho. Existe uma forte correlação entre as culturas do milho e da soja, principalmente pelo uso do plantio direto, consórcio rotacional que dispensa o preparo convencional do solo", acrescenta.

A ABIOVE e a ANEC respondem por 90% dacomercialização de soja do Brasil. A outra organizadora, a APROSOJA-MT, se fosse um país, seria o quarto maior produtor mundial, com 25% da produção brasileira. Por que o Instituto Algodão Social participa do Soja Plus? Porque tem muito a aportar em experiência no trato de questões trabalhistas, com as quais vem lidando nos últimos três anos.

O primeiro módulo do Soja Plus é justamente o dedicado à qualidade de vida no trabalho. Abrange:
A analista de meio ambiente da Aprosoja, Cristiane Sassagima, o coordenador ambiental da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Bernardo Pires e o engenheiro agrônomo, João Carlos Vianna, apresentam nesta segunda (21.11), às 17h, o Programa Soja Plus para os alunos de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Entre 100 e 200 alunos dos cursos de agronomia e engenharia florestal foram convidados para assistir a apresentação.

Lançado em abril de 2010, o Soja Plus é um programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da soja brasileira desenvolvido para estimular a produção sustentável segundo requisitos de desempenho ambientalmente corretos, socialmente justos e economicamente viáveis. O objetivo do programa é contribuir para a conservação dos recursos naturais, a governança das atividades produtivas e o bem estar social de trabalhadores, produtores rurais e comunidades locais.

O programa pretende capacitar os produtores de soja de Mato Grosso através da aplicação de cinco módulos de gestão das propriedades, aplicando cada módulo em um ano. Em 2011, os cursos foram sobre qualidade de vida no trabalho, abordando saúde, segurança e relações trabalhistas dos funcionários. Além disso, o programa pretende discutir nos próximos anos melhores práticas de produção, viabilidade financeira e econômica, qualidade do produto e responsabilidade social.

O Soja Plus é uma realização da Aprosoja em parceria com a Associação da Indústria de Oleaginosas (Abiove), Associação dos Exportadores de Grãos (Anec), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Instituto para o Agronegócio Responsável (Ares), e parceria do Serviço de Aprendizagem Rural (Senar/MT), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Instituto Algodão Social (IAS).

Contato:

Fonte: