Soja Plus na Mídia

Bahia sedia Seminário nacional do Soja Plus

Bahia sedia Seminário nacional do Soja Plus

05/09/2016

A cidade de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia, foi palco do VI Seminário do Soja Plus Brasil. O evento, que ocorreu na quinta-feira (1), reuniu produtores rurais, gerentes de fazenda, engenheiros agrônomos e jovens aprendizes, para assistir a palestras e conferir os resultados do programa nos estados da Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Além de debater sobre a gestão dos recursos hídricos nas propriedades agrícolas.

"Hoje o produtor rural tem acesso a tecnologias e ferramentas capazes de fazer a gestão sustentável da água. E este investimento traz benefícios imediatos e futuros. Com isso, ganha a natureza e ganha o produtor", disse o especialista no tema, Everardo Mantovani, professor titular da Universidade Federal de Viçosa (UFV), que proferiu a palestra.

O Soja Plus é um programa gratuito de melhoria contínua, que oferece assessoria técnica aos produtores de soja, onde os técnicos emitem relatórios sobre os pontos positivos e frágeis da fazenda e fornecem gratuitamente placas orientativas, vídeos sobre diálogo diário de segurança, blocos de controle de entrega de documentos, manual de normas legais, kits de primeiros socorros, manuais sobre o Código Florestal e sobre construções rurais, entre outros materiais.

Em seis anos de implantação nestes quatro estados, o Soja Plus já investiu cerca de R$ 12 milhões em assistência técnica a quase 1.000 fazendas, totalizando mais de 2,2 milhões de hectares de lavouras de soja percorridos, onde foram aplicados questionários que avaliam 180 indicadores nas áreas de gestão econômica, social e ambiental. Ao todo, o programa já capacitou 5.100 produtores rurais sobre legislação social e ambiental.

Na Bahia, o Soja Plus é coordenado pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). Graças ao programa, muitas comunidades agrícolas na região Oeste têm recebido os cursos sobre NR 31 (saúde e segurança no trabalho), novo Código Florestal e gestão de custos na empresa rural. Em território baiano, já são 115 fazendas de 9 municípios assistidas pelo programa, perfazendo mais de 266 mil hectares ou 54.000 km percorridos. Tudo isso contribuiu para a geração de 2,2 mil empregos fixos e quase 900 postos de trabalho temporário.

"Quero destacar a importância de se realizar um seminário desse porte aqui na região Oeste da Bahia, uma das maiores produtoras de soja do País. Não basta participarmos isoladamente do programa, é preciso esse intercâmbio de experiências e estar no centro das discussões. Os números aqui apresentados são motivadores e nos fazem ter a certeza de que estamos no caminho certo", disse o presidente da Aiba, Júlio Cézar Busato.

Premiação - O VI Seminário do Soja Plus Brasil 2016 foi palco, ainda, da entrega de troféus a quatro produtores rurais do Oeste da Bahia e do Mato Grosso, por atender ao maior número de condicionantes do programa. Além dos agricultores, o diretor da Solidaridad, Harry van der Vliet, foi homenageado pela parceria da ONG com o Soja Plus Bahia.

Contato:

Fonte: