Soja Plus na Mídia

China adere ao Soja Plus

China adere ao Soja Plus

11/05/2016

Agricultores mato-grossenses participantes do Soja Plus passam a partir de hoje a serem reconhecidos pelo governo chinês de forma diferenciada no fornecimento de soja. O programa de melhorias contínuas na gestão rural, desenvolvido pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), passa a contar agora com a parceria da China Soybean Industry Association (CSIA).

Ligada ao Ministério da Agricultura chinês, a CSIA tem 700 associados, entre produtores rurais, processadores e traders. A formalização da parceria com o Soja Plus significa, na prática, o reconhecimento por parte do governo chinês de que a soja em Mato Grosso é sustentável. Agora, os parceiros vão trabalhar no desenvolvimento de um "sistema justo de incentivos" para apoiar agricultores que estejam em transição para uma produção mais sustentável de soja.

O documento de cooperação entre as três entidades foi assinado pelo presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin, pelo secretário-geral da Abiove, Fabio Trigueirinho, e pelo vice-presidente executivo da CSIA, Denggao Liu.

"É um momento histórico para Mato Grosso. Graças ao trabalho árduo que fazemos cotidianamente em campo, com nossos consultores, técnicos e supervisores de projetos, conseguimos o reconhecimento de que o agricultor mato-grossense está na vanguarda pela sustentabilidade da soja. Nem nossos colegas norte-americanos e argentinos atingiram essa honra ainda", comentou Endrigo Dalcin.

Fabio Trigueirinho sinalizou que a parceria formalizada hoje na China é o primeiro passo para a valorização efetiva do Soja Plus pelos chineses. "Está na agenda buscar apoio financeiro de fundos internacionais e de empresas chinesas para expandirmos e fortalecermos o programa".

Lançado em 2009, o Soja Plus orienta produtores rurais de Mato Grosso para aprimorarem a gestão de suas propriedades. Colaboradores da Aprosoja vão a campo para orientar os agricultores com treinamentos, dias de campo e visitas técnicas. Há o fornecimento de materiais e muita troca de informação para que as exigências legais nas áreas trabalhista, ambiental e de segurança no trabalho sejam implementadas.

O caráter estratégico do Soja Plus foi destacado por Rose Niu, do Paulson Institute, que abriu o evento falando em nome das entidades da sociedade civil participantes da parceria. Além do Paulson Institute, estiveram presentes na assinatura da parceria trades chinesas como Sinograin, Cofco, Hopefull, Jiusan e CP Group, e organizações não-governamentais (ONGs) como Solidaridad, WWF China, WWF Brasil, Earth Innovation e The Nature Conservancy (TNC).

O acordo é relevante porque conecta, de um lado, o maior mercado consumidor de soja no mundo - a China - e, de outro, um dos maiores players na produção de soja - Mato Grosso, com 28 milhões de toneladas.

A Aprosoja reúne mais de 4 mil produtores de soja e milho em Mato Grosso e a Abiove soma 12 empresas associadas, responsáveis por 60% do processamento e comercialização da oleaginosa no Brasil

http://www.aprosoja.com.br/comunicacao/release/china-adere-ao-soja-plus

Contato:

Fonte: