Soja Plus na Mídia

Programa Soja Plus: Oficinas propõem melhorias na gestão das propriedades

Programa Soja Plus: Oficinas propõem melhorias na gestão das propriedades

31/10/2011

Preocupada com a melhoria contínua dos processos de produção e a busca pela gestão das propriedades foram desenvolvidas as oficinas técnicas propostas pelo Programa Soja Plus. A iniciativa prevê a capacitação dos produtores e trabalhadores rurais de Mato Grosso. Os cursos abordarão os seguintes temas: qualidade de vida no trabalho, melhores práticas de produção e serviço, viabilidade financeira e econômica, além da qualidade do produto e responsabilidade social.

O cronograma tem início no mês de julho e tem previsão de encerramento na segunda quinzena de agosto. O Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental irá atender os 19 Núcleos da Aprosoja e Sindicatos Rurais. O primeiro curso de capacitação a ser oferecido será o treinamento da Norma Regulamentadora 31, conhecida como NR 31, em virtude da grande demanda na área social.

A normativa tem a finalidade de estabelecer os preceitos a serem observados na organização e no ambiente de trabalho, cujo princípio é tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento das atividades ligadas à agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura com segurança e saúde para o ambiente de trabalho.

De acordo com a coordenadora do Programa Soja Plus da Aprosoja, Marlene Lima, o produtor rural necessita de apoio, no sentido de melhorar a gestão da cadeia produtiva e os indicadores econômicos, sociais e ambientais da produção agrícola. “Estamos todos unidos com o intuito de trazer ao homem do campo, informações técnicas que possam promover ganhos em produtividade”, garante.

O Programa foi idealizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Associação Brasileira da Indústria de Oleaginosas (ABIOVE), Associação dos Exportadores de Grãos (ANEC), Instituto para o Agronegócio Responsável (ARES). Além disso, conta com a parceria do Serviço de Aprendizagem Rural (Senar/MT), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Instituto Algodão Social (IAS).

PROGRAMAÇÃO

Semana 01 – (04 a 08 de julho)
04/07 – Jaciara – noite (140)
05/07 – Campo Verde – manhã (140)
05/07 – Primavera do Leste – noite (100)
06/07 – Alto Taquari - manhã (270)

Semana 02 – (18 a 22 de julho)
18/07 – Tangará da Serra –noite (195)
19/07 – Campo Novo do Parecis – noite (100)
20/07 – Campos de Júlio – noite (260)
21/07 – Sapezal – manhã (60)
21/07 – Diamantino – noite (200)

Semana 03 – (01 a 05 de agosto)
01/08 – Sinop – noite (500)
02/08 – Vera – manhã (75)
02/08 – Sorriso – noite (60)
03/08 – Lucas do Rio verde – manhã (+- 60)
03/08 – Tapurah – noite (120)
04/08 – Nova Mutum – tarde (190)

Semana 04 – (08 a 12/08)
08/08 – Querência – noite (960)
09/08 – Canarana – noite (200)
10/08 – Nova Xavantina – noite (180)
12/08 – Rondonópolis – manhã

Contato:

Fonte: