Soja Plus na Mídia

União Europeia reconhece a produção da soja mato-grossense como sustentável

União Europeia reconhece a produção da soja mato-grossense como sustentável

Memorando de Entendimento foi assinado entre agricultores mato-grossenses e indústria europeia nesta quinta-feira (19), em Portugal
Aprosoja
20/01/2017

A assinatura de um Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês) entre a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), a Associação Brasileira de Indústria de Óleos Vegetais (Abiove), a Federação Europeia dos Fabricantes de Rações (Fefac), a Federação Europeia de Óleo Vegetal e Proteínas (Fediol) e a Iniciativa para Comércio Sustentável (IDH) inaugura um novo capítulo na relação entre a soja mato-grossense e a União Europeia.

É que o documento, assinado na tarde desta quinta-feira (19) em Lisboa, Portugal, reconhece o programa Soja Plus como o caminho mais adequado para se estabelecer e, futuramente, reconhecer que a soja mato-grossense é sustentável, segundo diretrizes da própria Fefac.

Desenvolvido em 2011, em uma parceria entre Aprosoja e Abiove, o Soja Plus tem por finalidade a melhoria contínua das condições sociais, de trabalho e ambiental nas fazendas produtoras de soja. Em Mato Grosso, primeiro estado a implantá-lo, o crescimento do Soja Plus nos últimos cinco anos foi de 78% em número de participantes.

Atualmente, 1.084 agricultores mato-grossenses participam do programa, e o objetivo é chegar a 1.300 até o fim de 2017. Também fazem parte do programa Mato Grosso do Sul, Bahia e Minas Gerais. Outra meta da Aprosoja e Abiove é que outros estados brasileiros que tenham produção de soja implantem o programa.

“Passaporte” – Para a Aprosoja, a assinatura do Memorando de Entendimento é o reconhecimento internacional do Soja Plus como um programa de soja sustentável.

Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), em 2016, 21,66% da soja mato-grossense foi exportada para a Europa – um aumento de 57,9% em relação ao registrado em 2013. Em toneladas, a Europa importou 3.078.643 de toneladas de soja mato-grossense no ano passado.

Em 2016, os três maiores consumidores foram Espanha (912.663 toneladas), Holanda (826.466 t) e Noruega (281.897 t).

“Com a assinatura, o Soja Plus passa a ser reconhecido com um programa de produção sustentável, ou seja, é o passaporte da soja brasileira para o mercado europeu. Assim como foi com a China, a concretização deste memorando é um momento histórico para a entidade e também a confirmação de um trabalho árduo que fazemos cotidianamente em campo”, afirma Endrigo Dalcin, presidente da Aprosoja.

Em abril de 2016, a Aprosoja assinou um Memorando de Entendimento do programa Soja Plus com a China Soybean Industry Association (CSIA), órgão ligado ao Ministério da Agricultura chinês e que conta com 700 associados, entre produtores rurais, processadores e traders.

O presidente da Fediol, Henri Rieux, comenta sobre a assinatura. “O ponto forte desse acordo é que empresas importantes estão se comprometendo com uma abordagem em cadeia para lidar com a questão da produção sustentável de soja no Brasil e a aceitação desses produtos na Europa. Estamos confiantes de que esse diálogo aprimorado terá um impacto positivo e nos permitirá atender melhor às necessidades das partes interessadas na Europa”.

"Com este acordo, podemos apoiar proativamente avanços de agricultura sustentável no nível das fazendas de soja no Brasil e nos aproximar mais de uma transição de mercado convencional do fornecimento físico responsável de soja para a Europa", destaca Ruud Tijssens, presidente da FEFAC.

Aprosoja – A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) é uma entidade que congrega mais de 5.000 agricultores. Criada em 2005, é uma organização do terceiro setor focada na busca de programas e iniciativas que garantam segurança jurídica para a atividade agrícola e que levem à sustentabilidade da sojicultura no estado. Atualmente, a Aprosoja abrange 9.396.349 de hectares de área plantada com soja e um volume de 30.469.579 toneladas produzidas do grão, colocando-a como representante de 9,02% da soja mundial. Os dados são do Imea, relativos à safra 2016/17.

Assessoria de Comunicação

Contato: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Fonte: Ascom Aprosoja